quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Desejo de Nero

E de repente mais que de repente
Vem este desejo ardente
Insuportável, inconseqüente
De queimar tudo que está a minha frente

Eu quero fogo!
Fogo!

Queimar, queimar é minha sina
Meu desejo incontrolável me alucina
Boto fogo na cadeira e na cortina
Preste atenção aqui é Nero quem te ensina

Eu quero fogo!
Fogo!
(Evandro Rafael Saracino, sozinho em Franca no carnaval, 2010)

3 comentários:

  1. FIRE!!!! Um ser humano insandecido.

    ResponderExcluir
  2. O Buriti é realmente um cara com uma didática minunciosa, rsrs... olha a explicação para "Índice por título"... ahuahauh.

    Saudade.

    ResponderExcluir